Angra e Forró? Tudo a ver...

29 de set de 2010


Há algumas semanas atrás, o site Whiplash.net e o site Rock Way publicaram ESTA matéria com algumas versões um tanto quanto bizarras de músicas da banda ANGRA. Mas apenas hoje tive oportunidade de parar para ouvir esses verdadeiros assassinatos sonoros. (Que você pode ouvir abaixo, se tiver coragem).

Será que o ANGRA é assim tão influente musicalmente que chega até a inspirar grupos de forró? Sinceramente não entendo como esses músicos acabam tendo a brilhante ideia de fazer versões bregas de bandas de Heavy Metal. Até porque os públicos são extremamente diferentes e o Metal nunca foi lá um estouro comercial. Então, não entendo o porquê de tais versões.

Talvez os membros de tais grupos tenham raízes no rock pesado. Coisa que é até comum. Muitos músicos de grandes (e nem tão grandes) nomes da música brasileira, de CHITÃOZINHO E XORORÓ a CALYPSO, eram músicos de Heavy Metal. Mas como viver de música no Brasil é algo difícil e de rock, mais difícil ainda, acabam sendo contratados por esses artistas. Pois, geralmente, quem toca Metal/Hard Rock é bom músico. Só se a explicação for essa.

Outra coisa que me intriga é que duas dessas bandas resolveram fazer uma versão de “Stand Away” do ANGRA. Duas, cara! Uma mais trágica que a outra. E pensar que essa música na versão presente no “Angels Cry” (1991) é tão linda e bombástica e agora, não sobrou nada daquilo. 

Quanto às versões eu ainda não me decidi sobre o que ficou pior. As letras, os arranjos bregas ou as interpretações vocais. Com certeza uma decisão bastante complicada. Tão complicada quanto ouvi-las até o fim.  Não me entendam mal. Não quero ser preconceituoso ou algo assim. Mas é que a coisa realmente é muito ruim. Mesmo. E fica ainda pior quando um cara com voz de locutor fala o nome do grupo que está tocando. Sinistro.

Enquanto não me decido sobre o que ficou pior, tenta dar uma ouvida nas belezuras abaixo. Além do ANGRA, tem também uma versão cabulosa de “Send Me An Angel” do SCORPIONS. Só queria saber se esses caras pagam os direitos ou se rola uma espécie de plágio na cara dura. Alguém aí sabe me dizer?


Calcinha Preta – Agora Estou Sofrendo
(Angra – Bleeding Heart)
“Me fere, me risca de amor...”


Mala 100 Alça – Vou Sofrer
(Angra – Stand Away)
Vou sofrer mesmo...


Moleca 100 Vergonha – O Alvo
(Angra – Stand Away)
Pobre André Matos...


Desejo de Menina – Somos um Só
(Kate Bush/Angra – Wuthering Heights)
Essa é de doer a alma... Serião.


Calcinha Preta – O Navio e o Mar
(Scorpions – Send Me An Angel)
Ainda bem que o Klaus Meine não entende português


Leia também:

17 comentários:

Raul disse...

Eu arriscaria uma outra possibilidade: "Copiar". Afinal, fora os fãs de metal, quem mais sabe que essas musicas todas vieram do Angra? Os caras poderiam lançar álbuns inteiros assim e muita gente nem ficaria sabendo.

Gostaria de aproveitar pra deixar uma duvida: Será que isso acontece com bandas de metal também e a gente nem fica sabendo? Tem muita paródia circulando por ai, mas falo de músicas sérias mesmo. Vai saber se Master of Puppets na verdade não é alguma lambada perdida pir ai, hahahaha

Paulinha disse...

só passei aqui pra dizer q me irritou profundamente o termo "serião"...
que irritante! UHHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA :P
serião! huahuahuahuahuahuahuaahu

Giffu disse...

Só tenho uma coisa a dizer: TRAGICO!!!

Nágela Fernanda disse...

Que desgraça...

Anônimo disse...

gostei das versões gosto muito de black/folk/viking e heavy metal mas também boa musica raiz como luiz gonzaga e fagner...

Paulinha disse...

hahahahah o cara tem q vir em anônimo mesmo pra admitir que gostou disso! hahahaha

Anônimo disse...

Sou sergipano e me disseram que o daniel dial era headbanger antes de cantar na calcinha preta

Carlos E. Garrido - Café com Ócio disse...

Isso explicaria o porque de escolherem estas músicas para fazer versão estilo forró.

Jack Montilla disse...

Sobre a "Angra – Bleeding Heart" eles tiveram autorização pra fazer, digo isso porque eu vi no encarte "Música - Edu Falaschi etc... O Angra é bizarro

Jonas ed disse...

Jah tive a infelicidade de ouvir algumas dessas verções, andando pelas ruas de nossa turbulenta cidade!
Num acho que a banda seja tão influente a esse ponto, mas jah me disseram que os guitarristas do calcinha preta, fazem aula com o Kiko, pode ser um dos motivos?? Num nei sei ... mas acho que isso não seria uma homenagem, mas sim uma PUTA FALTA DE SACANAGEM!

gabriel g.solo disse...

O legal da história são os nomes originais das bandas neh kkkkkkkkkkkkkkk...
moleca "100" vergonha e mala "100" alça originalidade é uma caracteristica desse stilo, podem ver isso na autoria das musicas sempre grandes compositores...haushasuahs
Outra coisa positiva dessas "versões", num sei c posso chamar isso de versão, mas o que é legal são os gritinhos agudinhos do vocal. Que Puta Merda descobri onde foi parar o gato depois de atirarem o pau nele kkkkkkk...

Tïαgo. disse...

Realmente achei hilário, agora entendo porque dizem que a cena do Metal aqui no Brasil é tão forte lá no Nordeste! SHUASHUASHUAHSUASHU!

Thiago Mad Bad disse...

Meu, com excessão da Calcinha Preta de grude, as outra bandas plagiaram na cara lisa mesmo. A Cultura musical no Brasil hoje em dia está cada vez mais decadente. Vê o funk carioca, que antes era "eu só quero ser feliz e andar tranquilamente na favela onde eu nasci" e hoje é "eu como a buc*** da novinha e faço ela chupar minha ro** todinha".
A galera joga qualquer porcaria emo em cima de uma melodia e todo mundo acha bonito. Mas ao ouvir as originais ninuem gosta. Porque se a melodias são as mesma?? O que faz uma pessoa se identificar com uma e outra não???
Como disse o Plinio de Arruda no final do debate da Rede Bobo: E VIVA O BRASIL!!
Isso aqui é país que todo mundo rouba e ninguem diz nada.
Por isso, votei no Tiririca, porque pior do que o que tá, com ele não fica.

VanaAlemoa disse...

A versão da banda Clacinha Preta foi autorizada (como foi afirmado acima). O engraçado é que tem uma entrevista com o Kiko Loureiro na casa dele e o repórter acha no meio dos CD's dele um CD da Calcinha Preta. Tá no youtube, pena que não consegui encontrar. Daí ele explica que eles pagaram os direitos direitinho. Também já ouvi falar de músicos de Heavy que foram parar na banda de apoio do Zezé de Camargo & Luciano - para poder (sobre)viver de música.



PS: enquanto escrevia o post, deixei rolar uma das versões... nada contra, sem preconceitos, mas... EU tive que dar pause! Não deu pra ouvir até o final.

Adolfo disse...

Tïαgo. disse...

Realmente achei hilário, agora entendo porque dizem que a cena do Metal aqui no Brasil é tão forte lá no Nordeste! SHUASHUASHUAHSUASHU!
_____________________________________________________

Por que a cena do Metal é forte no nordeste? porque vamos a show de
Metal de verdade, não nos privamos com o estilo musical da região não é sambistas de "festivais de rock"? e não vamos a estes festivais para ver porcarias de Nx Zero, Madonna, Lady Gaga só porque tem bandas de gringos OHHHHH ai meu Deus quem vêm é o Metallica, Slipknot(eca)entre outros...

Ninguém faz versão de Trash Metal e Death Metal meus caros e porque será que essas bandas vem fazer shows aqui e lotam sempre? será que para vocês é melhor gastar dinheiro com festival que vai ter restart só pra ver bandas de gringos e por isso essas bandas venham fazer shos aqui no nordeste?

Túlio disse...

As versões não são ruins, vocês que são preconceituosos. Já ouvem as músicas com uma opinião já formada.
"Agora estou sofrendo" é ruim... Piada!

Unknown disse...

gabriel g.solo, realmente a criatividade do metal é surprendente tbm, quantas musicas de power metal não tem a palavra Dragon? ou Power? Parém de ser chorões, algumas versões ficaram boas, como a do Bleeding Heart.

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010