Vergonha na Fórmula 1

26 de jul de 2010

Mais uma vez a FERRARI proporciona momentos brochantes aos amantes da Fórmula 1 e do esporte em geral. Assim como havia feito com Rubens Barrichello ordenando que ele deixasse seu companheiro ultrapassá-lo, fez agora com Felipe Massa que liderava a corrida até receber a mensagem dizendo para fazer o mesmo, e permitir que Fernando Alonso vencesse a corrida. Vergonhoso.  

Porém, alguns aspectos tornam ainda mais asqueroso o fato do que ele já havia sido em 2002. Se naquela época a situação foi constrangedora, porém, dentro das normas, na atual temporada esse tipo de coisa é terminantemente proibida e mesmo assim, os dirigentes da escuderia italiana julgaram que poderiam repetir o papelão e repetiram.

E mais uma vez o piloto bunda mole prejudicado foi um brasileiro, o que torna tudo ainda mais triste para nós. E o pior foi que ninguém esperava uma atitude dessas do Massa, que tinha tudo para se tornar um novo ídolo do esporte em nosso país. Mas que pela falta de colhões não vai passar de mais um piloto no circo da Fórmula 1.

Queria ver uma situação dessas se o piloto em questão fosse um Ayrton Senna ou um Nelson Piquet. Aí a conversa com certeza seria outra. Não acho que nomes como o deles abaixaram a cabeça da forma que Massa e Barrichello fizeram.

Muitos ainda vão tentar defende-los usando o argumento vazio de que se fosse com qualquer um de nós faríamos o mesmo, pois a grana que rola é alta. Ok. Mas dinheiro esses caras vão ter (e já tem) de qualquer maneira. Afinal, são pilotos do esporte que provavelmente mais gera dinheiro e sendo assim já são muito bem pagos e se perderem a vaga na atual escuderia, conseguiriam emprego facilmente em outra e, além disso, não manchariam suas carreiras e seu caráter da forma que fizeram. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010