VMB, Restart e Coloridos

22 de set de 2010


Já faz quase uma semana que a premiação aconteceu, mas nunca é tarde demais para se dizer o que pensa. O VMB da MTV deu o que falar na última quinta-feira. O motivo de tanto burburinho foi o fato da banda RESTART ter sido a grande vencedora da noite, com cinco prêmios, entre eles o de “Artista do Ano”.

Com essa resultado houve muita gente xingando e reclamando da premiação e teve direito até a vaia do público ao vivo durante a entrega dos prêmios para a banda. Tamanha era a indignação dos presentes. Essa fato virou até piada, pois os fãs do RESTART tem idade para ficar o dia inteiro na internet votando, mas não tem idade para sair de casa a noite, por isso não estavam lá no VMB. Brincadeiras à parte, essa alegação até que tem lógica...

Independente disso, não consigo entender muito bem toda essa revolta. Obviamente que também não concordo que eles mereçam tais condecorações. Mas daí a me revoltar por causa disso existe uma grande distância. No ano passado ou retrasado, não me lembro ao certo, aconteceu algo muito parecido e o grupo NX ZERO ganhou quase tudo também e agora em 2010 não ganharam nada. Tudo não passa da moda do momento. Assim como aconteceu com os “emos”, vai acontecer com seus irmãos “coloridos”. Hoje estão na crista da onda, amanhã já não vão mais ser lembrados. É tudo uma questão de modinha. Se daqui a um ano, esses caras já não estiverem mais gerando o lucro esperado, as gravadoras vão produzir outros produtos diferentes e jogar na mídia. A molecada cabeça-fraca vai ver aquilo e começar a gostar. Vai ouvir a música e vai comprar a calça igual ao do cara da banda, por mais horrível que ela seja. Esta criatura da mídia vai estar na moda e vai bater recordes de prêmios na festa da MTV. Até porque quem se dedica tanto assim a ficar votando são os adolescentes que consumem o que está na moda. 

Resumindo, sempre quem vai levar vai ser a bandinha do momento, por mais ruim e enlatada que sua música seja e por mais feio que sejam suas roupas e cabelos. Pois, isso é aquilo que o público “teen” quer. E eles vão fazer campanha e ficar o dia e a noite inteira clicando no site para votar. Em outras palavras, só vai valer a pena se revoltar quando quem escolher os vencedores seja alguém sério e que se diga entendedor de música. Pois, enquanto a votação é aberta a todos, sempre quem vai ganhar vai ser a nova banda da mídia., mesmo que ela tenha validade de um ou no máximo, dois anos.

Então não adianta se revoltar. É assim que é. E vai continuar sendo assim por muito tempo. Aliás, tenho certeza que você já até sabia que os vencedores seriam eles. Não sei porque o espanto. 

Coloridos

Muita gente também critica o fato das bandas do momento serem coloridas. “O rock é preto” já disse Dinho Ouropreto recentemente. Apesar de não gostar muito dele, gostei de suas palavras. Porém, o rock já foi colorido e mais do que isso, cheio de plumas e calças de oncinha, outrora, vide o Hard 80'. E mesmo assim, não deixava de ser rock. Assim, como as bandas emos eram pretas e não eram necessariamente rock n roll de verdade.  O que me leva a dizer que as cores não dizem muita coisa a respeito da música.

Tudo bem, os trajes dos “meninos” do RESTART são tão feios que chega a doer minha alma. Mas o pior neles não é isso, e sim, o som chocho e sem graça que envergonha os roqueiros.  Afinal, o visual não é assim tão importante, mas o som tem que ser bom, o que não é o caso.

Entretanto, a banda pode ter esse visual escroto, assim como muitas de Hard Rock também tem. Mas os fãs não precisam se vestir assim. Não é mesmo? Deixa o estilo para a banda e para seus shows. Ou será que é realmente necessário ir ao mercado com uma calça amarela e um tênis roxo?


3 comentários:

Raul disse...

Quando era o Tiririca quem aparecia com calça amarela e camisa roxa, ninguém saia vestido igual por ai, e a roupa era a mesma. Hahaha.
Agora, falando sério, VMB tem a mesma credibilidade do Troféu Imprensa, então nem sei por que dão atenção para o evento. As duas premiações foram criadas por suas emissoras só para premiar suas crias. Ou alguém acha mesmo que o Batoré é melhor comediante que o Chico Anysio?

Paulinha disse...

cada ano uma moda. cada nova moda, um desastre. eu acho q o Brasil é um dos países onde é mais dificil ser reconhecido pelo talento de verdade. o negócio é você ouvir o seu bom e velho rock'n roll no seu quarto e não se importar com premiações do tipo... pois é o q você disse: hj eles estão aí, papando todas, mas amanhã nem serão mais lembrados. Pq artista fabricado não dura.
e qto a se vestir igual, isso é um maldito mal de adolescente... qd eu era adolescente, queria parecer a Victoria das Spice! hahaha #trazafacadeserrinha hahahahah
mas tem adulto tb que se inspira e fica maluco... como um cara q tem todas as tatoo do Bon Jovi ou como um mais louco ainda que fez plástica no rosto pra lembrar o (lindão do) Michael Jackson... uhauha

Jonas disse...

Fico indignado quando falam que essas merdas aí são rock...PORRA, isso é um desrespeito com as bandas de rock de verdade. A maior banda de todos os tempos era rock, será que essa porra de restart pode ser considerada o mesmo gênero que grandes bandas???

MTV já perdeu meu respeito faz tempo, a mesma coisa aquela revista Rolling Stone (espero que a Roadie crew não me de esse desgosto). Qualquer coisa que saia da MTV hoje em dia não pode ser levada em conta, nenhuma votação, nenhum prêmio, NADA...MTV não é mais music Television, é POP televiosion.

Só passa merda nesse canal, os programas que prestavam tiraram do ar, aliás toda a Tv aberta tá uma merda. Os jornais são a única coisa que ainda assisto...porém até isto nos ultimos tempos estão zuando, morre um cara e colocam imagem de outro...A mídia brasileira, pelo menos na Tv aberto, é uma merda, total falta de respeito...

Essas porras aí de emo, pop e colorido se morresem não fariam nenhuma falta.

Cantora pop cantando e dançando Metallica????
Cantora de axé no Rock In Rio????

Preferia que o metal ficasse desconhecido do que ver essas porcarias aí...

VERGONHA

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010