Brasil passa por cima da Costa do Marfim

21 de jun de 2010


O segundo jogo da seleção brasileira é o que iria dar uma base real de como nossa equipe está jogando, pois a COSTA DO MARFIM é um adversário muito mais perigoso que os frágeis norte-coreanos. Inclusive a seleção africana era a minha favorita pra ser a segunda colocada no grupo. Continue lendo pra saber por que “era” e não é mais.

O BRASIL entrou em campo com exatamente o mesmo time que fez a estréia na terça-feira passada, ou seja, com os três volantes e tal. Mal a partida começou e a seleção marfinense passou a ditar o ritmo do jogo, pressionando os brasileiros a todo momento. Nos primeiros vinte minutos dava medo pensar em como isso iria acabar. Só dava COSTA DO MARFIM, que mostrava muita força na marcação e velocidade com a bola no pé.

Porém, toda essa correria foi contida pela nossa seleção que aos poucos foi tomando conta do jogo. Depois da pressão inicial, o jogo era do BRASIL. Nossa defesa mostrou sua força e anulou o time adversário e no ataque, aqueles que ficaram devendo no primeiro jogo, mostraram ao que vieram. Kaká criou boas jogadas e parecia estar pronto, de verdade, pra disputar a copa. Luís Fabiano mostrou que pode ser o artilheiro da competição e com muita raça e técnica marcou dois gols. Aliás, dois golaços! Mesmo que o segundo tenha sido ajudado duas vezes pelo seu braço no domínio de bola. Mas, falando sério, se o arbitro anulasse aquele gol, com aqueles três chapéus, ele seria banido do futebol. Pois foi um senhor gol! Que golaço! Que bonito! Que beleza! Que alegria!

Com o BRASIL dominando a partida e o jogo praticamente ganho, os marfinenses começaram a apelar e desceram o sarrafo em tudo quanto era jogador de amarelo. Elano, que pra variar estava jogando um bolão, saiu contundido de campo, depois de receber uma entrada criminosa nas canelas. Michel Bastos também foi agredido violentamente. Os caras batiam pra machucar mesmo. Pura falta de espírito esportivo e de profissionalismo também. Isso pra não falar do que fizeram com o Kaká. Puta falta de sacanagem! \O nosso camisa 10 levou pancada de todo lado. Era só ele dominar a pelota e já o derrubavam. Só que aí, por mais que ele seja bom moço, uma hora o sangue esquenta e ele passou a reclamar bastante, tanto com os jogadores que o atingiam, quanto com o juiz que não mostrava o cartão. Resultado: quem levou o cartão foi ele, de tanto reclamar. Tudo bem que vendo isso tudo e estando com o jogo ganho, o Dunga bem que podia ter tirado ele de campo. Tanto que pouco depois, Kaká levou o segundo amarelo e consequentemente o vermelho, mesmo sem ter feito nada. Sem a bola, o atleta marfinense veio correndo em direção dele pra trombar. Ele apenas deixou o corpo. Então o jogador da COSTA DO MARFIM, muito maldoso esperto fingiu ter sido atingido no rosto e nosso atleta foi pro chuveiro mais cedo.

Por toda essa falta de atitude desportiva, eu deixei de apoiar a seleção marfinense e quero mais é que eles fiquem fora da segunda fase. A seleção liderada pelo craque Didier Drogba (que foi o único que não bateu) me decepcionou. Sinceramente não esperava uma atitude desse tipo vinda da seleção deles.

Ainda bem que PORTUGAL enfiou 7x0 na COREIA DO NORTE hoje cedo, pois a vaga pode ser decidida no saldo de gols e a COSTA DO MARFIM pode ficar sem ir para as oitavas-de-final.

Já o BRASIL mostrou que ainda é um dos favoritos ao título, independente das contestações ao técnico Dunga. Só espero que para o próximo jogo, ele saiba o que fazer para substituir o Kaká. Eu aposto e torço para que Julio Baptista entre em seu lugar ou então coloque o Nilmar e recue o Robinho, mas aí é esperar demais do nosso treinador. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010