Xenofobia Interna

11 de nov de 2010


Estou meio atrasado no assunto, eu sei. Mas o CAFÉ COM ÓCIO não pode deixar de comentar o caso da estudante de direito que postou comentários que demonstraram xenofobia interna em seu twitter. No caso ela fez vários comentários preconceituosos e maldosos em seu twitter contra os nordestinos. O fato ganhou repercussão em todo território brasileiro e até fora dele.

Entretanto, ainda não descobri o que mais me deixa indignado nessa história. Se é o fato dela ser xenófoba contra pessoas que são seus compatriotas ou o fato dela estudar direito e mesmo assim ter feito a burrice de usar desse preconceito publicamente.

Tanto quanto ela, eu ou qualquer um de nós, os nordestinos são brasileiros. E tanto quanto qualquer povo de qualquer estado desse país, são fundamentais para o Brasil. Assim como em qualquer parte do país ou do mundo, naquela região existem pessoas maravilhosas e pessoas ruins. Pessoas pobres e pessoas ricas. Trabalhadores que contribuem para o crescimento da nação. E que fazem parte da diversidade cultural que é tão rica e bonita em nosso país. Querer generalizar aquele ou qualquer outro povo, não passa de uma ignorância sem tamanho. E pregar o ódio contra essas pessoas é algo ridículo e desumano. Seria melhor essa menina ter raiva de si própria por ser uma pessoa tão baixa e com pensamentos tão fracos.

É impressionante como nossos universitários são imaturos, para não dizer ignorantes ou coisa pior. Os casos de trotes violentos nas faculdades ou mais recentemente, a brincadeira do chamado “rodeio das gordas” mostram como o futuro do Brasil está em péssimas mãos.  E o caso dessa menina confirma a tese.

Se essa menina fosse alguma pessoa sem estudos ou sem formação alguma, eu até daria um desconto. Mas não, ela é estudante. Uma estudante  que faz parte do chamado “Ensino Superior”. E pior, uma estudante de direito. Será que ela tendo algum mínimo conhecimento dentro dessa área , ela não cogitou a hipótese de que alguém poderia processar ela pelos comentários infames. Poxa, ela quer trabalhar com isso. Deveria saber das possíveis consequências. Vai ser trouxa assim lá longe.

O problema dessas pessoas é que na internet qualquer um pode se expressar livremente e até pouco tempo atrás, não existia punição nenhuma dentro dessa terra de ninguém. Toda essa liberdade e a facilidade para conseguir falar o que pensa, seja através de blogs, twitter, orkut, fóruns, etc., faz com que muita gente boa ganhe oportunidade de aparecer. Mas também abre espaço para muita gente com poucos neurônios falarem para o mundo inteiro ver as bobagens que antes apenas alguns poucos infortunados tinham o desprazer de ouvir.  Daí aparece pessoas como essa fulana aí, falando um monte de besteira e obrigando muita gente a ver.

Sou contra e não acho que deva existir qualquer tipo de censura, seja nas mídias tradicionais e muito menos na internet. Porém, em nossa legislação xenofobia é crime e como tal, aquele que a praticar deve ser punido conforme manda a lei. Quer seja ela cometida no mundo físico ou no mundo virtual. Pois ambos são reais, assim como as pessoas que as praticaram ou que foram atingidas.  Qualquer um deve ter liberdade para expressar seus pensamentos, mas não para praticar crimes contra outras pessoas.

2 comentários:

Paulinha disse...

Mayara Petruso é uma GÊNIA. não fala assim dela, não. hahahahahaha

só posso te dizer uma frasezinha clichê: É POR ISSO QUE O BRASIL NÃO VAI PRA FRENTE.

Enqto houverem pessoas com esse grau de ignorância como ela (e tem, hein?! ela foi apenas uma q publicou, mas existe mto preconceito) o nosso país vai partir dessa pra pior MESMO.

Raul disse...

Falando meio por cima, acho que isso vem um pouco desse complexo de paulista achar que tá em país desenvolvido. As grandes cidades do estado pensam que são Nova Iorque, as cidades do interior ainda pensam que vivem no apogeu do café.
Ta na hora desse pessoal ver que o mundo já andou, que o resto do país parte pro desenvolvimento, enquanto poucas coisas evitam que São Paulo deixe de ser "NYC" pra virar uma Detroit brasileira.

Vejo isso pelos tipos de comentários que apareceram nessas eleições, querendo criar "candidato de nordestinos pobres" contra "candidato dos paulistas eruditos", como se os problemas do estado fossem puramente culpa da migração interna, não da má administração e falta de planejamento de governos feitos por gente desqualificada.

Enquanto não perdermos essa idéia idiota de pensarmos no Brasil como um conjunto de países e povos diferentes, esse país nunca vai pra frente mesmo. O regionalismo com certeza é algo a se preservar, para manter as diversas culturas do país, mas não da mais pra ver isso de maneira maniqueista, ver a cultura do outro como "errada" só serve pra criar atraso e, infelizmente, esse tipo de pensamento praticamente neonazista tem se proliferado pelo mundo todo como uma peste. Basta ver a volta de partidos de extrema direita na Europa e nos EUA.

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010