Cadê o rock brasileiro?

23 de out de 2010


Sabe aquele velho Rock nacional? Aquele que fez sucesso nos anos 70,  80 e  até 90?  Então, gostaria de saber onde ele foi parar. Hoje em dia o que se vê dentro desse cenário são apenas bandas Emo ou Coloridas (que no fim das contas, dá na mesma). Mas nosso país já foi prolifero em boas bandas do estilo. Como ULTAJE A RIGOR, LEGIÃO URBANA, IRA!,  RAUL SEIXAS, MUTANTES, TITÃS, PARALAMAS DO SUCESSO, BARÃO VERMELHO, TAFFO, PLEBE RUDE, etc... Esse pessoal fazia música com mais profundidade do que as atuais, com mais conteúdo. Algumas mais psicodélicas e progressivas, outras mais punk ou mais puxadas pro bom e velho rock n roll. Independente do estilo em si, todas tinham algo a dizer.

Hoje, nomes como FRESNO, NXZERO, RESTART, CINE, HEVO 84 e tantas outras tão genéricas quanto estas, fazem letras com somente um tema. Todas sobre amor. Mas de uma forma brega e superficial. Escrever músicas com essa temática é sempre válido, pois, esse é um sentimento pelo qual todos procuramos e crescemos com ele, você admitindo ou não. Porém, o que essas bandas da moda fazem não passa de choradeira. Não é algo profundo, nem belo. De qualquer forma, há muitas outras coisas para expressar numa canção, principalmente dentro do rock, mas não é o que parece.

Aquele rock brasileiro, cantado em português, feito com honestidade e garra parece mesmo ter sumido. Mas ainda existe esperança. Entretanto, como tudo o que é bom, culturalmente falando, você não encontrará mais na grande mídia e sim no underground. Já que nos últimos anos vem surgindo alguns bons nomes com propostas bastante interessantes. Como é o caso dos cariocas do MATANZA, que conseguem surpreender tanto musicalmente, como em suas letras. O som é um hardcore que beira o heavy metal, misturado com música caipira estadunidense. Já as letras possuem temática de faroeste, cerveja e briga, e caem como uma luva na sonoridade do grupo.

A banda EXXÓTICA é mais uma com letras inteligentes e som bem trabalhado. Nas músicas são abordados temas dos mais diversos. Existem letras que te fazem pensar, letras de protesto, canções de amor, histórias de terror, cotidiano e até de curtição. Todas bem compostas. Musicalmente o que se ouve é um hard rock vigoroso de primeira linha.

Outros nomes muito bem falados na cena underground são MOTOROCKER, ADRENZALIZE, CARRO BOMBA e BARANGA. Todos com um som muito legal e letras bem sacadas, que na maioria das vezes seguem por caminhos como mulher, bebedeira, carros e diversão em geral. Bandas muito boas e que valem à pena conhecer. É diversão na certa, pode ter certeza.

Como se já não estivesse extremamente explicito que nosso rock brazuca tem salvação, temos grandes nomes na cena cristã também. Como OFICINA G3, METAL NOBRE e ROSAS DE SARÓN. Que mostram que nossa cena roqueira é muito forte, mesmo que longe dos holofotes, que se estende até às canções religiosas.

É uma pena que a mídia fique longe das coisas boas que nosso Rock n Roll tem para oferecer. Se continuar do jeito que vai, nossos bitolados jovens nunca vão ter acesso a essas músicas, pois, escutam apenas aquilo que está em na moda. E não chegam a conhecer nem mesmo aquelas bandas grandes do passado. A não ser aquelas que estão na ativa até hoje, mas que atualmente também não mantém a mesma qualidade. Azar o deles.

PS: o texto se refere apenas ao Rock Nacional propriamente dito. Já que no chamado Rock Pesado (Heavy Metal), nosso país está muito bem servido e representado mundialmente.


Veja e ouça algumas dessas novas bandas nos vídeos abaixo:



Motorocker – Igreja Universal do Reino do Rock




Exxótica – Boca do Lixo (Rua Aurora, 72)




Carro Bomba – Punhos de Aço




Oficina G3 – Incondicional



Leia também:


4 comentários:

Mito disse...

Em termos de metal, o Brasil tem várias bandas boas mesmo (embora os organizadores de shows não ajudem). Já o rock merecia mesmo mais destaque, até pela alta qualidade das bandas que você citou.

Stypp Harder disse...

existem muitas bandas ótimas....Eu recomendo essa banda da cidade Blumenau/SC a pelo menos 15 anos na estrada com um ótimo rock progressivo...vale a pena conferir

http://www.vladv.com.br

www.myspace.com/vladvoficial

Carlos E. Garrido - Café com Ócio disse...

Valeu Stypp Harder! Eu não conhecia essa banda, Vlad V. Ouvi umas músicas no site que você passou. Muito bom o som, hein?

Anônimo disse...

Se vocês ouvirem o novo CD do Motorocker vão cair de costas! Está maravilhoso, sensacional, agressivo, bluesero, anos 80/70/60 (não seiiii explicar)! O nome do CD é ROCK NA VEIA, nada mais perfeito. Baixem pra ontem! Salve o Rock nacional.

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010